Restaurante César na Mídi


Pintado na brasa: especialidade do Cesar Restaurante



Tradição de mais de 50 anos aliada a costumes modernos como o self service e o rodízio de peixes. Esta é a receita do Cesar Restaurante, instalado desde 1948 às margens do rio Mogi Guaçu, no distrito de Cachoeira de Emas. Visitantes de praticamente todo o país passam por ali, atraídos pela boa comida, atendimento nota dez e pela vista sem igual.

 

Uma das atrações do restaurante, além da famosa “peixada” – composta por dourado frito, dourado abafado e pintado ensopado – é o espeto de dourado, um peixe de escamas saboroso e com personalidade. Preparado com uma receita tradicionalíssima, o dourado é assado na churrasqueira, na brasa mesmo, e fica com consistência e sabor bastante característicos.

 

“O dourado na brasa não tem espinhas e vem acompanhado de arroz, farofa, molhos vinagrete e maionese e o nosso delicioso pirão”, comenta o garçom Rodrigo, escolhido pelo proprietário do restaurante, Larri Anselmo, para falar sobre o prato. “No tempero, são colocados, além do vinagre, óleo e sal, tomate, alfavaca e pimentão, que realçam o sabor especial do peixe”. O prato, que serve duas pessoas, acompanha também 12 tipos de saladas, que ficam à disposição no buffet, no sistema de self service.

 

O rodízio de peixe, moda que pegou entre os freqüentadores do restaurante, é outra opção oferecida. São diversos tipos de peixes, preparados de maneiras diferentes, incluindo, além das saladas e dos pratos quentes do buffet, bolinho de peixe, pintado ensopado, filé de peixe à parmegiana, filé de peixe à milanesa com catupiry, pintado na brasa e o famoso peixe a passarinho, também conhecido como “isca de peixe”, um petisco muito apreciado pelos clientes que gostam de tomar uma cervejinha, ou um chope Brahma gelado, nas mesas externas, à beira do rio Mogi.

 

O Cesar Restaurante funciona de segunda a segunda, sempre das 10h às 23h, com um diferencial que atrai turistas de praticamente todo o país: a qualidade no serviço e nos pratos e uma vista sem igual. “Recebemos pessoas da cidade, da região e de diversas outras regiões, que vêm para a Cachoeira atraídos pela fama da boa comida, principalmente quando parentes de militares vêm a AFA [Academia da Força Aérea] e param por aqui para descansar e aproveitar as delícias do restaurante”, afirma Rodrigo.

 

Localizado do lado esquerdo da ponte, para quem vai de Pirassununga ao distrito de Emas, o Cesar fica na praça Santos Dummont, número 26.

 

Crédito da foto: Andre Marangon 


Fonte: Jornal O Movimento

  • img_galeria
    A vista para a ponte de Cachoeira de Emas o delicioso “pintado na brasa”: principais atrativos do Cesar Restaurante